Em Recife, dirigentes do Macrossetor da Indústria discutem negociação coletiva

Tema fez parte da segunda etapa de um curso de formação apoiado pelo Solidarity Center da AFL-CIO. CNTRV integra projeto.

Escrito por: João Andrade • Publicado em: 13/08/2019 - 20:20 • Última modificação: 13/08/2019 - 21:03 Escrito por: João Andrade Publicado em: 13/08/2019 - 20:20 Última modificação: 13/08/2019 - 21:03

Divulgação

                De 7 a 9 de agosto, em Recife, o Macrossetor da Indústria da CUT (MSI), em parceria com o Solidarity Center da AFL-CIO, realizou mais uma etapa do “Programa de Formação e Capacitação Sindical: Resistência, Organização e Luta”. A Confederação Nacional dos Trabalhadores no Ramo Vestuário da CUT, CNTRV, é uma das integrantes do projeto em conjunto com as demais entidades do MSI.

                O Macrossetor da Indústria da CUT é formado pelos ramos da construção e madeira (CONTICOM), metalúrgico (CNM), químico (CNQ), Alimentação (CONTAC), Energia (Sinergia) e Vestuário (CNTRV).

Saiba mais: Dirigentes da CNTRV participam de curso de formação e capacitação sindical

                O segundo módulo do curso discutiu a importância da negociação coletiva e apresentou técnicas que contribuem para o sucesso do processo negocial. “Estamos na era do “negociado sobre o legislado e muitas empresas se aproveitam da conjuntura para retirar direitos e rebaixar salários. As direções sindicais precisam estar cada vez mais preparadas para que as negociações resultem na garantia e ampliação de direitos e benefícios. Por isso, é cada vez mais importante o investimento em projetos formativos que pautem não só a negociação coletiva, mas também formas de potencializar a ação e a representação sindical”, destacou Cida Trajano, presidenta da CNTRV e coordenadora do MSI.

PLANEJAR PARA FORTALECER A AÇÃO SINDICAL

                Durante a atividade os cursistas apresentaram um plano de ação sindical destacando temas como sindicalização, comunicação, mobilização, entre outros. “Ainda no primeiro módulo, cada participante recebeu a tarefa de traçar um plano de ação sindical dentro do espaço em que atua e agora, socializaram suas ideias com os demais cursistas”, explicou Josenildo Melo, um dos educares do Módulo. A assessora da Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM),  Dilú Tieme, também integrou a equipe.

 Para Jana Silverman, representante da AFL-CIO, a experiência possibilitou o compartilhamento de ideias, além da consciência de que o planejamento deve ser algo permanente na ação sindical. Para Jana Silverman, representante da AFL-CIO, a experiência possibilitou o compartilhamento de ideias, além da consciência de que o planejamento deve ser algo permanente na ação sindical.

Dirigentes da CNTRV participam de mesa simulada de negociaçãoDirigentes da CNTRV participam de mesa simulada de negociação

 

LIDERANÇAS CONVIDADAS

                Além da troca de experiência entre os cursistas, a atividade contou com a participação de  lideranças sindicais e técnicos convidados. Rafael Marques (presidente do Instituto Trabalho, Indústria e Desenvolvimento – TID Brasil), Admirson Medeiros Ferro Junior (Greg) (Secretário Adjunto de Comunicação -  CUT Nacional), Milena Prado (DIEESE Pernambuco), Milena Prado e Manoel Messias (DIEESE), falaram sobre a conjuntura, as negociações coeltivas no Brasil e apresentaram dados importantes para a consolidação do processo formativo.

Título: Em Recife, dirigentes do Macrossetor da Indústria discutem negociação coletiva, Conteúdo:                 De 7 a 9 de agosto, em Recife, o Macrossetor da Indústria da CUT (MSI), em parceria com o Solidarity Center da AFL-CIO, realizou mais uma etapa do “Programa de Formação e Capacitação Sindical: Resistência, Organização e Luta”. A Confederação Nacional dos Trabalhadores no Ramo Vestuário da CUT, CNTRV, é uma das integrantes do projeto em conjunto com as demais entidades do MSI.                 O Macrossetor da Indústria da CUT é formado pelos ramos da construção e madeira (CONTICOM), metalúrgico (CNM), químico (CNQ), Alimentação (CONTAC), Energia (Sinergia) e Vestuário (CNTRV). Saiba mais: Dirigentes da CNTRV participam de curso de formação e capacitação sindical                 O segundo módulo do curso discutiu a importância da negociação coletiva e apresentou técnicas que contribuem para o sucesso do processo negocial. “Estamos na era do “negociado sobre o legislado e muitas empresas se aproveitam da conjuntura para retirar direitos e rebaixar salários. As direções sindicais precisam estar cada vez mais preparadas para que as negociações resultem na garantia e ampliação de direitos e benefícios. Por isso, é cada vez mais importante o investimento em projetos formativos que pautem não só a negociação coletiva, mas também formas de potencializar a ação e a representação sindical”, destacou Cida Trajano, presidenta da CNTRV e coordenadora do MSI. PLANEJAR PARA FORTALECER A AÇÃO SINDICAL                 Durante a atividade os cursistas apresentaram um plano de ação sindical destacando temas como sindicalização, comunicação, mobilização, entre outros. “Ainda no primeiro módulo, cada participante recebeu a tarefa de traçar um plano de ação sindical dentro do espaço em que atua e agora, socializaram suas ideias com os demais cursistas”, explicou Josenildo Melo, um dos educares do Módulo. A assessora da Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM),  Dilú Tieme, também integrou a equipe.   LIDERANÇAS CONVIDADAS                 Além da troca de experiência entre os cursistas, a atividade contou com a participação de  lideranças sindicais e técnicos convidados. Rafael Marques (presidente do Instituto Trabalho, Indústria e Desenvolvimento – TID Brasil), Admirson Medeiros Ferro Junior (Greg) (Secretário Adjunto de Comunicação -  CUT Nacional), Milena Prado (DIEESE Pernambuco), Milena Prado e Manoel Messias (DIEESE), falaram sobre a conjuntura, as negociações coeltivas no Brasil e apresentaram dados importantes para a consolidação do processo formativo.



Informativo CNTRV

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.